Acumuladores de Energias Nocivas

em 24 de outubro de 2019


Acumuladores de Energias Nocivas

Nestes dois posts Elimine da sua vida aquilo que não tem mais utilidade e É a atual desordem ou ordem das coisas que estagna ou desempata a sua vida falamos sobre os malefícios que os objetos sem serventia trazem para a nossa vida e para quem não acredita, basta estudar a fundo a filosofia do Feng Shui.

Hoje nós vamos falar sobre alguns acumuladores de energia densa no ambiente em que você vive ou trabalha.

Têm pessoas que são muito sinceras quando dizem que não acumulam roupas, sapatos e demais objetos. Mas mesmo assim a vida dela não muda e para descobrir a raiz do problema, é preciso uma investigação mais apurada. Nós não vamos falar aqui sobre todos os empecilhos, porque vamos deixar algumas questões pra serem tratadas com mais detalhes em outros posts específicos, mas, hoje, vamos dar ênfase aos lixos acumuladores de energia negativa.

Como já foi falado anteriormente, o acumulo de “lixo” traz maus fluídos nos ambientes da casa, seja ele proveniente da lixeira, do quarto da bagunça ou do acúmulo de objetos sem uso e sem utilidade. Vamos a eles.

Lixeira de cozinha e de banheiro

Esvazie as lixeiras todos os dias e não deixe nunca, jamais, em tempo algum, esse lixo de dejetos acumulados espalhando maus fluídos e mal cheiro no seu ambiente. Compre lixeiras pequenas, pois elas ficam cheias rapidamente e te obrigam a descartar o lixo com maior frequência.

As lixeiras devem ser de preferência acionadas pelo pé e ter tampa. Na cozinha, nunca deixe a lixeira perto do fogão (porque ele é símbolo de prosperidade segundo o Feng Shui), perto da geladeira e muito menos próximo do ambiente onde você prepara os alimentos (em cima da pia jamais). Ela deve estar de preferência do lado de fora da cozinha, mas se não for possível, o mais longe possível dos itens citados acima.


Quarto de dormir e quarto da bagunça

Quarto com muitas roupas jogadas em cima da cama, cama desarrumada, lençóis rasgados e manchados, objetos embaixo da cama, armários abarrotados de objetos sem uso, traz muita confusão para a nossa mente. A psicologia fala que o armário é a nossa cabeça e se o armário está bagunçado, o que sobra pra cabeça?

Aos poucos os nossos sentimentos se tornam confusos e até inadequados, o que nos traz desencorajamento, confusão, as emoções começam a ser reprimidas e entramos numa inquietação mental, mas não entendemos o motivo. Ficamos impacientes e apresentamos variações de humor – tudo isso é proveniente da bagunça que se instala no nosso quarto ou em toda a casa, mas não nos damos conta disso porque já estamos adaptados a vivermos assim. Como já foi dito anteriormente, esse é um tipo de mal que age à surdina, é silencioso e mortífero, mata lentamente nossos sonhos, a nossa alegria de viver, relacionamentos, prosperidade, saúde, até ceifar nossa vida por completo.

O quarto da bagunça é geralmente o depósito de coisas que a gente usa, na maioria das vezes, junto com as coisas que não merecem remendo, que deveria ir para o lixo assim que se quebra.

Nesse quartinho há a junção de duas energias que entram em atrito o tempo todo: o que presta e o que não presta. Aquilo que não presta, dê um jeito de descartar logo e aquilo que tem utilidade, deixe bem ordenado, de modo que ao precisar usar, você saiba onde encontrar. Não deixe o local acumular pó e nem mofo, limpe ao menos uma vez na semana o temível quartinho da bagunça.

Acumulo de lixo na garagem e na entrada da casa

Isso vale tanto para os sacos de lixos que ficam na rua à espera da coleta, como restos de areia, tijolo, acúmulos de objetos ou móveis que não cabem dentro de casa e ficam ali, só acumulando pó.

Lixo e objetos parados que não são removidos no tempo exato bloqueiam a entrada e a circulação de energias dos ambientes. O que acontece é que a felicidade ou a oportunidade chegam e tentam bater à sua porta, mas vão embora porque pensam que ali há excessos demais, levando, assim, a proposta ou sorte para quem não as impede de chegar, para alguém que está pronto para o novo, porque deixou o velho ir embora.

E digo mais, bloquear as entradas da casa é ver o dinheiro ou vendas minguando. Não acredita? Então comece a fazer uma análise de sua vida, se isso não for o suficiente, investigue a vida de uma pessoa que tudo flui e perceba que ela é uma pessoa que está sempre doando coisas, faxinando a casa, movimentando os objetos, ordenando-os.

Às vezes você não acumula roupas velhas e sapatos furados, mas junta contas de energia e de água que já venceram o prazo de validade (após cinco anos podem ser descartados). Você também guarda santinhos, convites de casamentos, missa de sétimo dia, chá de bebê, comprovantes desnecessários, canetas sem carga, embalagens vazias, uma infinidade de papéis espalhados pelas gavetas e vai acumulando caixas e mais caixas que parecem dar crias – isso tudo são estagnadores de energia, jogue fora o quanto antes. Mas não faça como eu, que, numa ânsia de “me livrar destes encostos ”, joguei meu CPF fora – mas isso foi há muito tempo, quando ainda era produzido em papel. E se você não quer desfazer dos comprovantes, ao menos deixe-os organizados.

E para encerrar, outros dois itens que não pode passar batido e que você nem se dá conta de que podem ser prejudiciais: bolsa e carteira desorganizada.




Topo Astrologia