Como descobrir arquétipos pelo olhar?

em 20 de junho de 2019



Descobrindo arquétipos

É possível descobrir qual é o nosso arquétipo ou o arquétipo de qualquer pessoa só pelo olhar?

Sim, é possível e como ponto de partida temos a identidade visual que são o sexo, raça, idade e características físicas. Para descobrir arquétipos sem outros indicativos – como maneirismos vocais e linguagem corporal eu me concentro nos traços e características de um rosto.

Em um primeiro olhar nós temos a primeira impressão que se baseia na expressão facial, podemos enxergar o que os olhos da pessoa transmitem, conseguimos ler as linhas do rosto tais como o sorriso, a forma do olhar, vincos e toda a expressão que esse rosto faz. Mesmo que essas impressões e expressões estejam congeladas em fotografias dá para decifrar alguns arquétipos.

Só de analisar a expressão facial de alguém é possível ver se a pessoa demonstra ou não algumas emoções, se ela é fria, se é alegre, se é distante, se é uma pessoa geniosa ou não, se é um psicopata ou se a pessoa sofre de algum outro problema de ordem psicológica. Foi o que aconteceu com a Mari que me pediu para desvendar o arquétipo dela. Entrei no Facebook dela e quando bati o olho na foto de perfil – só pelo olhar dela – vi que ela escondia uma tristeza, um quadro de depressão que passava naquele momento.

Mas um olhar é muito pouco para se basear, eu precisava avaliá-la de um modo mais preciso, pois por mais que as expressões faciais sejam uma valiosa fonte de informações que refletem muitos estados emocionais, e estados emocionais são arquétipos, uma pessoa pode numa fotografia congelar a expressão e não revelar muitos sinais de emoção.

Sendo assim você descobre um ou dois arquétipos quando na verdade há muitos a serem descobertos e o que nós precisamos saber é qual arquétipo está tendo maior influencia sobre a vida da pessoa.

Naquele primeiro momento eu tinha apenas a primeira impressão do grau de sensação do estado mental e emocional dessa pessoa analisada, que no caso era os olhos dela.

A certeza veio quando eu rolei a barra e vi algumas postagens dela que falava sobre saudades, perda, despedidas – essa foi a segunda camada de informações (postagens) que eu acessei e que estavam disponíveis para tentar decifrá-la. 

Postagens é um prato cheio para quem está tentando ler uma pessoa, pois elas entregam de mãos beijadas o estado emocional em que a pessoa se encontra. Como eu disse arquétipos também se expressam através de emoções e digo mais, se expressam por meio de palavras – pessoas que postam mensagens e fotos de animais sendo maltratados, tragédias ou qualquer tipo de violência não estão bem ou estão a caminho de um quadro depressivo mesmo que não percebam isso. 

A justificativa é que pessoas que estão vibrando numa energia boa não conseguem sequer olhar ou ler matéria com cunho violento ou com qualquer tipo de negatividade.  Mas para interpretar uma pessoa por meio de postagem é preciso haver consistência. A mensagem é a mesma, o que muda, são as palavras.


E foi assim, com apenas duas camadas de informações disponíveis no Facebook dela, que eu consegui descobrir três arquétipos: depressivo (Perséfone), Vaidade e Afrodite que é o arquétipo do Amor.

O depressivo eu vi pelo olhar e um rosto sem expressão, ele não estava congelado apenas na foto, estava congelado pela dor.

A Vaidade e sensualidade eu consegui ver pelo modo como ela se veste e a Afrodite é uma deusa presente em todos nós. 

Eu fui rápida na minha definição, é claro que eu poderia estar errada até porque o material que eu tive acesso poderia passar uma imagem irreal, pois para descobrir arquétipos é preciso uma investigação mais profunda.
 
Mas assim que eu enviei a mensagem pra Mari ela imediatamente respondeu assim: nossa, fiquei toda arrepiada!”.

O que provou que a minha teoria estava correta! Mas nem sempre a gente acerta, muitas vezes é preciso um olho treinado para captar as nuanças da comunicação não verbal.
Nós possuímos um imenso repertório de emoções e a maioria deles se encontram no nosso rosto e um olhar reflete muitos aspectos da nossa personalidade.






Topo Astrologia