Como decifrar um arquétipo?

em 19 de junho de 2019

Decifrando arquétipos!

Decifrando Arquétipos

Certa vez lá no grupo de estudo alguém me perguntou se era possível saber o arquétipo pela voz ou por uma fotografia. Eu disse que sim e que se a pessoa quisesse que eu interpretasse bastava ela entrar em contato comigo e me mandar os materiais, no caso um áudio e uma fotografia.


Na mesma semana outra pessoa foi no grupo perguntar quem era a pessoa que dizia ser capaz de decifrar arquétipos só de olhar – e eu disse que essa pessoa era eu. Ele me chamou inbox, eu olhei a foto dele e logo consegui decifrar, mas acontece que por uma foto nós conseguimos decifrar apenas um ou dois arquétipos, mas essa interpretação pode falhar, vou falar mais detalhadamente sobre este assunto numa outra oportunidade, e para não haver falha nesta interpretação eu pedi que ele traçasse um pouco do perfil dele.

Trecho da conversa

Oi, boa noite, me fale um pouco de você, tipo o que você gosta de fazer, qual a sua meta de vida, qual a sua idade? Trabalha em que? O que gosta de fazer nas horas vagas? Gosta muito de sair? Está em algum relacionamento?”.

Olha a resposta dele

“Eu tenho 16 anos, sou emancipado e já moro sozinho, curso o ensino médio e minha renda vem de uma casa que eu alugo, eu faço curso de administração e ano que vem farei o técnico em administração e depois a faculdade em administração, já tenho duas empresas em que eu me vejo trabalhando, mas meu sonho é ter uma rede de hotéis quando mais velho, se tudo seguir bem, claro, também já fui diagnosticado com depressão profunda quando tinha 13 anos e já morava sozinho pelo motivo que minha mãe tinha sido presa, não gosto muito de sair e eu meio que desisti por hora de tentar qualquer tipo de relacionamento por desânimo de joguinhos e coisas de adolescentes da minha idade”.

A minha resposta

“Você tem o arquétipo do Sábio, mas embora seja muito bom, tome cuidado porque recentemente uma pessoa que fez consultoria comigo se queixou de uma vida de fracasso por ter vivenciado o Sábio muito rápido de forma que aos 43 anos essa é a idade dessa pessoa hoje e esse arquétipo traz um peso para ele. E durante a terapia tivemos que trabalhar esse arquétipo para ele se libertar desse peso que a sabedoria acaba trazendo. E você tem muito forte em você neste momento o Sábio, o Criador que é o empresário e também você tem um pouco do arquétipo da deusa Perséfone, pois é ela que nos leva ao mundo avernal, ao estado depressivo”.

Eu consegui ver nele o Sábio, pois com apenas 16 anos tem uma mente bem a frente do seu tempo. Ele tem que se virar sozinho e tem responsabilidades que um jovem da sua idade geralmente não tem. Ele tem também o arquétipo do empresário porque ele visa isso na vida, ele planeja e sonha ao mesmo tempo alcançar essa meta, e por uma foto dele de perfil isso ficou bem claro porque ele se veste como tal, como um empresário e homem de negócios, ele não expressa nenhum sorriso, mas sim, a seriedade de quem sabe o que quer e de onde quer chegar.

Ele passou por uma fase depressiva, mas a depressão é um perigo que está sempre rondando, ele não é de sair e nem de se envolver porque teme sofrer. É mais reservado e talvez isso se dê pelo fato de ter outros interesses na vida, esse fechamento (casulo) acontece muito com pessoas que tem o Velho Sábio como arquétipo predominante.

Mas esses arquétipos eu consegui ver só com a resposta que ele me deu, eu poderia descobrir outros arquétipos se nós tivéssemos conversado um pouco mais!

Esses arquétipos podem ser mudados? Claro que sim! À medida que a gente vai amadurecendo e o tempo vai passando nós criamos outras vivências, outras experiências, um novo estilo de vida, novos sonhos e projetos e assim aquele arquétipo que era bem real naquela fase da vida acaba deixando de ter importância e novos arquétipos acabam tomando o lugar do antigo e assim a vida segue.


Topo Astrologia